O Segredo mais bem guardado



O SEGREDO MAIS BEM GUARDADO na Educação Católica:
Será ainda possível imaginar um local onde os rapazes assistem à Missa, estudam artes liberais, jogam rugby, aprendem a arte da prestidigitação e entoam canções folclóricas, limpam a casa e rezam o Rosário – todos os dias? Esse lugar existe e chama-se Academia São Gregório, um internato para estudantes da 9ª à 12ª série, localizado em Elmhurst, Pennsylvania/EUA. Graças a Deus, eu mesmo tive a oportunidade de passar por uma experiência renovadora ao freqüentar essa escola, e agora, dez anos depois, considero-me privilegiado por poder levar adiante seus ideais como professor.

Dentro da cultura atual, cada vez mais carente de religião, existe uma necessidade crescente de novas escolas católicas onde os jovens, além de receberem uma educação equilibrada com vistas ao seu desenvolvimento humano integral, podem, ao mesmo tempo e em cooperação com a GRAÇA de Deus, ser formados na FÉ e na perene SABEDORIA da Igreja. Para alcançar esse objetivo, a Priestly Fraternity of Saint Peter(1), em 1993, fundou a Academia de São Gregório. Ela oferece formação em artes liberais clássicas, de acordo com a tradição católica tanto espiritual quanto intelectual. Quinze anos depois de fundada, a Academia de São Gregório continua a prosperar e a crescer. O dia, em São Gregório, começa com as orações da manhã e a celebração da Missa Tridentina. Tradição, solenidade e reverência estão no centro da espiritualidade da escola. Todos os estudantes de São Gregório aprendem a servir na Missa, a entoar os cantos gregorianos de acordo com o calendário litúrgico da Igreja, e recebem instrução sistemática na fé católica. A Tradição é o centro da vida espiritual, ela regula a vida diária em São Gregório. A filosofia educacional da escola está ordenada à pessoa como um todo – corpo e alma – levando sempre em conta sua capacidade para a fé, para as artes criativas e para o sentido de reflexão e hábitos poéticos da mente de cada estudante.

Ao perseguir esta visão, a Academia São Gregório oferece uma formação sem par, onde o jovem pode praticar a virtude, aprofundar sua fé e cultivar seu gosto, de acordo com as perspectivas e práticas do viver cristão. Cada dia se encerra com uma reunião supervisionada no salão de estudos e com as orações da noite. O resultado desta vida tão bem estruturada é a formação do caráter católico de modo franco e correto, tanto espiritual e físico, quanto moral e mental. Mais de noventa por cento dos nossos alunos, depois de formados em nível universitário, ocupam cargos na educação, no exército, na medicina, arquitetura, comércio e até no sacerdócio.

1– a) Fraternidade Sacerdotal São Pedro (FSSP) é uma sociedade clerical de direito pontifício, sem votos religiosos. Segue a liturgia tradicional do rito latino, a fim de melhor servir os católicos que ainda preferem os ritos antigos. b) A Fraternidade nasceu em 18/07/1988, na Suíça, por obra de uma dezena de padres e alguns seminaristas. Pouco tempo depois, graças à ajuda do Cardeal Ratzinger (hoje Papa Bento XVI), foi acolhida por Joseph Stimpfe, bispo de Augsburgo, na Baviera, onde abriu seu primeiro seminário. As vocações vêem da França, Alemanha, Canadá e EUA. Como seu interesse pela Missa em latim é grande, abriram um segundo seminário, em Denton, Nebraska. c) O crescimento da Fraternidade é surpreendente! Eles amam a Mãe Igreja, são jovens e de muita dedicação. Hoje, depois de 20 anos de fundação, já estão presentes em 17 países dos cinco continentes. São uns 200 sacerdotes (média de idade 37) e 120 seminaristas. Pe. Kenneth Baker, S.J. que foi professor no seminário deles nos EUA e com eles conviveu durante os últimos 13 anos, falou: Vejo em tudo isto a mão da Divina Providência. Pe. Eric Flood, o superior da FSSP nos EUA, disse: ...temos mais pedidos dos bispos para celebrar a Missa em latim do que padres disponíveis. Daqui porque nossa primeira preocupação é formar bons e santos sacerdotes. d) Em Roma, o Papa Bento XVI confiou-lhes a igreja Santa Trinità dei Pellegrini; em Veneza, a igreja San Simone Piccolo passou recentemente a ser administrada pelos padres da FSSP. e) Nos EUA, eles ministram também um curso de treinamento para os padres interessados em aprender a forma extraordinária da Missa em Rito Romano. Um ano depois de iniciado esse curso, mais de 120 padres de umas 70 dioceses já participaram desse curso de treinamento.

Para mais informação: www.fssptraining.org.


Fonte: Sean Fitzpatrick, professor, Saint Gregory’s Academy